Espanha: Centenas de colectivos convocam “marchas da dignidade” para o 22MMovimentos sociais

Centenas de colectivos sociais convocaram as “marchas da dignidade” para o próximo dia 22 de março em Madrid. Partem desde pontos em toda a espanha para protestar contra uma situação de “emergência social” e, segundo avisaram, “sabem quando vêm mas não sabem quando se irão”.

15M, 22m, Espanha, Madrid
1,885 leituras     0 comentários
Não tem que se pedir permissão para se ser livreMovimentos sociais, Poder e autodeterminação

Na passada noite de 31 de Dezembro para 1 de Janeiro, os zapatistas celebraram os 20 anos do retumbante “Ya Basta!” de 1994. Nos cinco caracoles 1, as festividades foram alegres e sóbrias: prazer de acolher inúmeros visitantes e de dançar a té de manhãzinha, satisfação evidente de ter atravessado tantas peripécias e ainda estar ali. Mas nada de anúncios espectaculares nem de grandes discursos recapitulativos: os factos e a experiência deviam falar por si mesmos.


1,830 leituras     0 comentários
ACT considera todos os 400 enfermeiros da Saúde 24 falsos recibos verdesDiscriminação, Economia, Movimentos sociais

O resultado da inspecção da Autoridade para as Condições de Trabalho, declarando que todos os trabalhadores eram falsos recibos verdes, será a maior regularização contratual de que há registo. Esta História foi feita pela luta dos enfermeiros da Linha Saúde 24 que, perante todas as adversidades, chantagens, calúnias e ilegalidade, fincaram o pé e levaram até ao fim a sua reivindicação.

Precariedade
1,350 leituras     0 comentários
A repressão em Kiev está nos genes de todas as democracias contemporâneas

Se os acontecimentos na Ucrânia prenunciam algum futuro bizarro, eles não são menos sintomáticos da manifestação de uma velha tendência para os regimes democráticos contemporâneos adoptarem mecanismos usados e abusados pelos regimes fascistas.
Kiev a ferro e fogo faz-nos colocar uma questão que não é nova: em que raio de regime autoritário, autocrático e centralizado na figura de um líder se converteu a democracia contemporânea?


1,872 leituras     0 comentários
(Bósnia) “A Assembleia é um protesto para a produção de possibilidades”Movimentos sociais, Poder e autodeterminação, Repressão

Depois dos primeiros dias de revolta mais violenta, os protesto têm continuado de forma mais pacífica. Mas nem por isso menos revolucionária. O resultado tem sido a formação de vários plenários, ou assembleias de democracia directa, onde participam os cidadãos locais. Todos os dias, milhares de pessoas em Tuzla, Mostar, Sarajevo, Travnik, Zenica e outras cidades encontram-se em locais públicos onde, à vez, falam para os outros, criam novas agendas, exigem mudanças.


1,572 leituras     0 comentários
Câmara da Amadora ameaça com novos despejos e demolições em Santa FilomenaRepressão

A decisão da autarquia portuguesa reveste-se de particular perversidade, dado ocorrer num período de chuvas e frio, mas também numa altura em que a crise se abate sobre o país, gerando níveis de desemprego nunca vistos em Portugal e aumentando o espetro da miséria. O principal alvo desta desumanidade é a comunidade cabo-verdiana residente no bairro

amadora, cabo verde, direito à habitação, santa filomena
2,081 leituras     0 comentários
Morreu o Companheiro José Luís Félix

Morreu o José Luís Félix um dos fundadores e o grande animador e dinamizador da Tertúlia Liberdade. Foi um companheiro incansável na divulgação do ideal libertário, um lutador pelos direitos dos explorados e oprimidos, um amante da Liberdade e um homem bom que a todos deixa saudades.


2,024 leituras     1 comentários
[Solidariedade] Centro de Cultura Libertária ameaçado pela "Lei das Rendas"Movimentos sociais

O histórico Centro de Cultura Libertária de Cacilhas, criado logo a seguir ao 25 de Abril de 1974 por um punhado de velhos e novos anarquistas da Margem Sul, entre os quais Francisco Quintal, e que foi sede do jornal “Voz Anarquista”, o primeiro periódico especificamente libertário do pós 25 de Abril, tem conseguido resistir à passagem dos anos, renovando-se e também opor-se às várias tentativas de despejo. Está agora ameaçado pela “Lei das Rendas” aprovada por este governo.


2,465 leituras     1 comentários
Revolta em Burgos: uma leitura de classeMovimentos sociais, Repressão

Gamonal é populoso e operário, mais de 100.000 pessoas que se amontoam num bairro abandonado e em depressão: o encerramento de centros de saúde e creches, o movimento de bairro criminalizado e perseguido, falta de investimento em políticas sociais para a obtenção de emprego ou de uma garantia contra os riscos. Famílias desempregadas e na miséria que assistem como seus filhos, os rapazes do bairro e da classe trabalhadora, são espancados pelas forças repressivas.


1,815 leituras     0 comentários
[País Basco] Mais de 100 mil pessoas manifestam-se em Bilbo pela resolução e pelos direitos dos presos políticosPoder e autodeterminação

Cerca de 130 mil pessoas percorreram no passado sábado as ruas de Bilbo, no País Basco. A manifestação silenciosa foi convocada pelos partidos da coligação EH Bildu, o PNV e o Geroa Bai e os sindicatos ELA e LAB, e foi uma enorme mobilização a favor da resolução do conflito e uma resposta ao fascismo espanhol, que na véspera proibira a mobilização há muito convocada pela iniciativa Tantaz Tanta.

país basco
2,764 leituras     0 comentários
Conteúdo sindicado
PublicarMelodias