[março] Festival Feminista de Lisboa

O Festival Feminista de Lisboa é inclusivo, intersecional, auto gerido e sem fins lucrativos.
Lutamos pela igualdade de oportunidades, pela diversidade de identidades e pela auto-determinação!
Nesta primeira edição, em Março de 2018, ocupamos Lisboa - com debates, workshops, performances, concertos, teatro, oficinas, feira de zines/livros, cinema, exposições e muito mais.
Festival Feminista de Lisboa


3,960 leituras     0 comentários
[2-31 março] Festival Feminista do Porto

Tal como a Caravana e como a Marcha Mundial das Mulheres, o FFP é um movimento feminista, anti-racista, anti-lqbtqi-fobia e anticapitalista.
Somos contra todas as formas de violência e opressão interseccional que têm origem na aliança patriarcado/capitalismo.
Programa Completo


3,442 leituras     0 comentários
A nova edição do Jornal Mapa está nas ruas

Olha o novo Jornal Mapa!

Destaque à poluição do Tejo e à história do maior rio ibérico condenado por barragens, transvases e fábricas. Agitam-se as suas águas pela defesa de um território vivo, tal como junto à fronteira portuguesa, nos protestos contra uma mina de urânio, ou nos Pirenéus espanhóis nas okupações de aldeias.


4,096 leituras     0 comentários
[17 de fevereiro] 5 anos de informação crítica!

Grande evento de angariação de fundos para o Jornal Mapa, a decorrer na SMUP [Parede], com convivio, conversas, actividades e concertos.
O Mapa é um jornal trimestral de informação crítica distribuído de Norte a Sul de Portugal em cafés, livrarias, quiosques, escolas, universidades, transportes públicos, centros sociais, associações, por correio e, acima de tudo, nas ruas.


3,563 leituras     0 comentários
[10 fevereiro - Porto] GAZUA | Abertura

Abrir portas, rebentar cadeados, fazer comunidade!

A Gazua é um espaço de acção comunitária que pretende gerar plataformas de auto-organização, participação e autonomia com vista à transformação social. Parte da arte e da cultura na sua dimensão mobilizadora e relacional para provocar imaginário(s), convocar o colectivo, questionar discursos hegemónicos e desenvolver processos de mudança que beneficiem a comunidade.


4,563 leituras     0 comentários
[Afrin] Solidariedade a partir de Portugal

No dia 20 de Janeiro o regime fascista da Turquia ( País da NATO) iniciou uma ofensiva militar contra o povo curdo em Afrin, Rojava.
Acção de solidariedade com o povo Curdo e a resistência em Afrin | Denúncias do regime de terror de Erdogan em Almada, Lisboa, Porto, Coimbra, Mértola, PontaDelgada, Caldas da Raínha e Montemor-o-Novo.


4,095 leituras     0 comentários
Balanços dos primeiros 10 dias da operação do regime turco em Afrin

No passado dia 20 de Janeiro o regime turco iniciou uma operação militar (aérea e terrestre) contra a região de #Afrin em Rojava, o objectivo de Erdogan é apoiar as suas proxies jihadistas na batalha de Afrin. O balanço dos primeiro 10 dias é devastador, a destruição de patrimônio cultural e arqueológico, assim como, as centenas de habitações têm sido incalculável.


4,556 leituras     2 comentários
[Alerta] A casa ocupada da Rua Marques da Silva 69 está neste momento a ser despejada sem qualquer notificação

A casa ocupada da Rua Marques da Silva 69 está neste momento a ser despejada sem qualquer notificação. A polícia municipal arrombou a porta, despejou a pessoa que lá morava, está a retirar os bens da casa e quer emparedá-la. Todxs à Rua Marques da Silva 69!

Acompanha os desenvolvimentos aqui: https://www.facebook.com/assembleiadeocupacaodelisboa/


4,870 leituras     1 comentários
Encontro de artes e técnicas de impressão

Olá este ano estamos de novo a organizar um encontro na Disgraça em Lisboa, com o objetivo de criar uma publicação que explore e partilhe diferentes Artes e Técnicas de Impressão/Reprodução. Durante o fim de semana de 26, 27 janeiro e 2,3 e 4 de fevereiro, realizam-se vários workshops que exploram diferentes técnicas de impressão. A participação é livre mas pode estar sujeita a contribuição.


4,474 leituras     0 comentários
Campanha de Crowdfunding do Jornal Mapa

Para fazer frente ao ano de 2018, o Jornal Mapa necessita de 6000€. Estes custos, abaixo dos custos reais do projeto, são o limite inferior que garante a sua sobrevivência e que permite que se possa planear, de forma confortável e segura, o futuro económico do projeto sem interromper a publicação do jornal.


5,257 leituras     1 comentários
Syndicate content