A nova edição do Jornal Mapa está nas ruas

Olha o novo Jornal Mapa!

Destaque à poluição do Tejo e à história do maior rio ibérico condenado por barragens, transvases e fábricas. Agitam-se as suas águas pela defesa de um território vivo, tal como junto à fronteira portuguesa, nos protestos contra uma mina de urânio, ou nos Pirenéus espanhóis nas okupações de aldeias.


885 leituras     0 comentários
[17 de fevereiro] 5 anos de informação crítica!

Grande evento de angariação de fundos para o Jornal Mapa, a decorrer na SMUP [Parede], com convivio, conversas, actividades e concertos.
O Mapa é um jornal trimestral de informação crítica distribuído de Norte a Sul de Portugal em cafés, livrarias, quiosques, escolas, universidades, transportes públicos, centros sociais, associações, por correio e, acima de tudo, nas ruas.


787 leituras     0 comentários
[10 fevereiro - Porto] GAZUA | Abertura

Abrir portas, rebentar cadeados, fazer comunidade!

A Gazua é um espaço de acção comunitária que pretende gerar plataformas de auto-organização, participação e autonomia com vista à transformação social. Parte da arte e da cultura na sua dimensão mobilizadora e relacional para provocar imaginário(s), convocar o colectivo, questionar discursos hegemónicos e desenvolver processos de mudança que beneficiem a comunidade.


1,327 leituras     0 comentários
[Afrin] Solidariedade a partir de Portugal

No dia 20 de Janeiro o regime fascista da Turquia ( País da NATO) iniciou uma ofensiva militar contra o povo curdo em Afrin, Rojava.
Acção de solidariedade com o povo Curdo e a resistência em Afrin | Denúncias do regime de terror de Erdogan em Almada, Lisboa, Porto, Coimbra, Mértola, PontaDelgada, Caldas da Raínha e Montemor-o-Novo.


1,276 leituras     0 comentários
Balanços dos primeiros 10 dias da operação do regime turco em Afrin

No passado dia 20 de Janeiro o regime turco iniciou uma operação militar (aérea e terrestre) contra a região de #Afrin em Rojava, o objectivo de Erdogan é apoiar as suas proxies jihadistas na batalha de Afrin. O balanço dos primeiro 10 dias é devastador, a destruição de patrimônio cultural e arqueológico, assim como, as centenas de habitações têm sido incalculável.


1,803 leituras     2 comentários
[Alerta] A casa ocupada da Rua Marques da Silva 69 está neste momento a ser despejada sem qualquer notificação

A casa ocupada da Rua Marques da Silva 69 está neste momento a ser despejada sem qualquer notificação. A polícia municipal arrombou a porta, despejou a pessoa que lá morava, está a retirar os bens da casa e quer emparedá-la. Todxs à Rua Marques da Silva 69!

Acompanha os desenvolvimentos aqui: https://www.facebook.com/assembleiadeocupacaodelisboa/


2,028 leituras     1 comentários
Encontro de artes e técnicas de impressão

Olá este ano estamos de novo a organizar um encontro na Disgraça em Lisboa, com o objetivo de criar uma publicação que explore e partilhe diferentes Artes e Técnicas de Impressão/Reprodução. Durante o fim de semana de 26, 27 janeiro e 2,3 e 4 de fevereiro, realizam-se vários workshops que exploram diferentes técnicas de impressão. A participação é livre mas pode estar sujeita a contribuição.


2,420 leituras     0 comentários
Campanha de Crowdfunding do Jornal Mapa

Para fazer frente ao ano de 2018, o Jornal Mapa necessita de 6000€. Estes custos, abaixo dos custos reais do projeto, são o limite inferior que garante a sua sobrevivência e que permite que se possa planear, de forma confortável e segura, o futuro económico do projeto sem interromper a publicação do jornal.


3,213 leituras     1 comentários
[13 janeiro] Pela libertação imediata de Ahed Tamimi

Uma menina desarmada de 16 anos faz tremer o “poderoso” Estado de Israel. Chamam-lhe “agressora” porque, juntamente com a sua prima Nour, esbofeteou dois soldados no pátio da sua casa, em frente de uma câmara de vídeo.
No próximo Sábado, dia 13, às 15h, haverá concentrações em Lisboa (Praça Camões), no Porto (Praça Palestina) e em Braga (Avenida Central), em defesa da libertação de Ahed Tamimi e das crianças detidas nos calabouços israelitas. PARTICIPA! #FreeAhedTamimi


3,794 leituras     1 comentários
[12-13 janeiro] Jornadas contra a Violência do Estado - Prisões de Mulheres

O objectivo destas jornadas de dois dias é assim o de visibilizar as lutas e situações de vida de mulheres que sofrem violência por parte do estado-prisão em portugal e no mundo. Entendemos prisão num sentido lato e não restringido somente à dimensão judicial, ou carcelária, que também serão visibilizadas.
Na Disgraça


3,490 leituras     0 comentários
Syndicate content